Sonhos e Delírios

Uma pessoa pode ter o poder absoluto sobre os sonhos e pesadelos das pessoas? Um poder assim seria fruto de muita inveja e disputa.

Leia as primeiras páginas (PDF)

Opções de Compra | Sinopse | Entenda o Projeto | Curiosidades | Divulgue | Palestra | Dados do Livro | ** Página do Skoob**

Sonhos e Delírios

Opções de Compra

Voltar

* Se você for residente no Brasil e quiser comprar a versão impressa, pode usar o primeiro dos links acima para poder pagar em Reais e com frete mais barato.
* A versão impressa do livro também é vendida pela Amazon. O preço está em dólar, mas você pode comprar com seu cartão de crédito emitido em seu país (Brasil, Portugal ou qualquer outro), informar seu endereço e o livro será entregue em sua casa, a um baixo valor de frete.

Se preferir, entre em contato comigo.

Clipping

Voltar

Clique aqui e veja inserções deste livro na imprensa.

Sinopse

Voltar

Leia as primeiras páginas (PDF)

Book Trailer

Vídeo Sinopse

Carlos Bourbon nunca teve um sonho ruim em toda sua vida. Ele sonha todas as noites, sempre coisas boas, e consegue se lembrar com detalhes de exatamente todos eles desde o primeiro, aos sete anos de idade. Quando ele conta isso para alguém, é visto como mentiroso. “Uma coisa assim não pode acontecer”, dizem eles. O fato é que isso é verdade.

Aos vinte e sete, Carlos teve um terrível pesadelo, o primeiro de sua vida. Este acontecimento mostra-se mais real do que nunca. O que acontece depois disso é uma longa e perigosa jornada, quase épica, repleta de referências musicais, mitológicas e literárias que vão de Kafka e Gaiman, de Beatles a Jim Morrison, passando por serial killers, monges e loucos.

Sonhos e Delírios é uma envolvente e intrigante estória que prende o leitor desde o primeiro parágrafo. Leia as primeiras páginas e seja bem-vindo ao clube de leitores desta obra.

A Sinopse acima foi escrita por um dos leitores, Hugo Andrade. Não sou arrogante ao ponto de concordar, mas afirmo que foi um imenso prazer escrever esta obra. Se ao ler você sentir ao menos metade da alegria que tive ao produzir este livro, garanto que será uma experiência inesquecível.

Leia um trecho

Clique aqui e baixe o PDF com os três primeiros capítulos do livro.

Entenda o Projeto

Voltar

Em Novembro de 2010 comecei o projeto deste livro com o único objetivo de dar vida às ideias que tinha há dez anos. De modo a compartilhar esta experiência, resolvi publicar o livro em formato de blog e divulguei entre alguns conhecidos. Não sabia se um dia alguém demonstraria interesse pelo texto ou mesmo se eu chegaria a terminá-lo. Eu queria apenas colocar para fora um enredo que não saia da minha cabeça.

Para minha surpresa, conquistei aos poucos três centenas de leitores fieis, que todos os dias acessavam o blog em busca de novos capítulos. Foi neste momento que eu percebi que tinha uma boa história na mão. Como forma de agradecer aos leitores, disponibilizei enquetes semanais onde as pessoas votavam o destino dos personagens. Alguns morreram por resultado das pesquisas, outros sumiram, histórias foram contadas e outras ignoradas. Se por um lado isso era de amedrontar, já que eu perdi o controle absoluto sobre minha obra, por outro lado era um estímulo à minha capacidade de contar histórias.

O livro descreve vários lugares mágicos dotados de uma beleza inimaginável. Este fato me fez procurar um ilustrador que transformasse em desenho algumas das cenas narradas no livro. Foi assim que cheguei a Victor Moletta e, juntos, levamos o projeto ao ponto de um dia se transformar em livro.

Curiosidades

Voltar


Se preferir Veja este vídeo no Youtube.

Números

Todos os números citados no livro possuem um significado. Eles são de duas naturezas: números primos ou relacionados ao sete (contém o algarismo sete ou é múltiplo deste). Quando é usado um número primo, a referência é meramente ilustrativa, sem um significado específico. Entretanto, se o número contém sete ou é múltiplo deste, o fato citado possui alguma implicação simbólica ou mesmo mitológica. Por exemplo, a idade de Carlos Bourbon quando tem seu primeiro pesadelo é vinte e sete anos. Por fim, alguns números não citados com exatidão, mas referenciados de forma indireta. Se por exemplo, existe algo como “andou pouco mais de dez metros”, o número em questão é onze, primo.

Referências Musicais

Existem diversas referências a artistas ou músicas no livro. Entretanto, essas citações são sutis. A proposta é que os leitores que quiserem se aprofundar no livro procurem por essas referências. No Capítulo 23, por exemplo, uma personagem corre por um campo de morangos, em uma alusão à música Strawberry Fields Forever dos Beatles. No Capítulo 31, Carlos pede um vinho a um personagem e recebe como resposta que eles não servem mais aquela bebida desde 1969. Esse é um trecho da música “Hotel California” da banda Eagles. Esses são apenas dois exemplos, mas existem dezenas deles em todo o livro. Se encontrar alguma referência, compartilhe-a conosco!

Pessoas Reais

Muitas das pessoas citadas no livro existem ou existiram um dia. Algumas delas possuem nome, ajudando assim a identificação. É o caso de Ted Bundy, um famoso serial killer norte-americano. Já outras pessoas são descritas em detalhes, mas sem o nome citado. Este é o caso, por exemplo, do jovem poeta que senta-se ao fundo do estranho ônibus azul onde Carlos embarca. Alguns leitores de forma voluntária enviaram sonhos e pesadelos que foram adaptados ao enredo do livro. Os nomes destes estão na parte de Créditos do livro.

Nada é por Acaso

Nenhum fato no livro é descrito sem um propósito previamente definido. É, por exemplo, citado o ônibus azul com a placa C17H19NO4, tendo as iniciais MMT gravadas na frente do mesmo. A cor do veículo refere-se a duas coisas: a uma famosa música da banda “The Doors” e à substância Oximorfina, semi-sintético à base de ópio popular nos anos 1960 e 1970 que causava alucinações e era oferecido em pílulas azuis. A placa do veículo é a fórmula deste composto, que era usado para aplacar as fortes dores sofridas por pacientes psiquiátricos. Já as iniciais MMT, deixo a cargo dos leitores descobrirem. Este é apenas um caso de referências, mas o livro está repleto delas. Esta obra foi escrita baseada em extensas pesquisas em diversas áreas, da mitologia à química. No entanto, não é preciso compreender essas referências para entender o livro. Isso é apenas uma demonstração do cuidado que tive ao escrever cada parágrafo desta obra.

Divulgue

Voltar

Clique aqui e compartilhe as primeiras páginas deste livro com seus amigos

Clique aqui e compartilhe o press release deste livro com seus amigos

Palestra

Voltar

Estou disponível para palestras sobre este livro. Nesta palestra eu falo sobre diversas curiosidades e simbologias a respeito do livro. Se deseja maiores detalhes, entre em contato e podemos conversar a respeito.

Dados do Livro

Voltar

Autor
Igor Alcantara
Ilustrador
Victor Moletta (victormoletta@hotmail.com)
Páginas
442
ISBN
978-85-912003-0-6
Leitores que tiveram seus sonhos descritos no livro
Danila Silva, Hugo Andrade, Lucas Tenório e Lucas Lopes

Comments are closed.